O Circo Mecânico Tresaulti – Genevieve Valentine

Sinopse do skoob

Respeitável público, o Circo voltou!
Num mundo pós-apocalíptico, onde as pessoas não tem mais acesso à tecnologias de ponta, uma caravana circense leva esperança por onde passa. Os artistas são sobreviventes de guerra, que tiveram seus corpos mutilados reconstruídos com complexas estruturas mecânicas.

O que eu achei

O livro é lento! Lento quase parando! Muito lento mesmo! Mais da metade dele conta a história de vida de cada personagem, o que fez com que ele entrasse no circo, as “mudanças” que sofreram e seus caráteres. Eu pensei em desistir do livro umas 50 vezes, mas como o livro ganhou o Carwford Award 2012 e foi indicado para o Prêmio Nebula me mantive firme até o fim!

Posso dizer que não me arrependi da leitura, quando a história embala fica viciante. O ambiente pós-apocalíptico criado pelo autor é completamente devastado e sem esperanças, então quando o circo chega, as cidades ganham cor, esperança e um pouco de alegria. Mas a sua chegada desperta o interesse de algumas pessoas que pensam em usar o circo e os poderes que os artistas têm de uma forma completamente diferente da original.

É interessante ver como amizade e lealdade são apresentadas em cada um dos personagens. Todos eles devem suas vidas a Boss, mas cada um tem a sua maneira de expressar a lealdade e expectativas para com ela.

Todos querem as asas! Mas não entendem as condições que vem com esse presente!

SPOILER ALERT…

Continue Lendo…

Continue Reading

Os últimos testemunhos de Gaudrel (Crônicas de Amor e Ódio) – Mary E. Pearson

Os últimos testemunhos de Gaudrel

Fim da jornada. A promessa. A esperança

Conte-me de novo, Ama. Sobre a luz.

Busco em minhas memórias. Um sonho.

Uma história. Uma lembrança indistinta.

Eu era menor que você, criança.

O limite entre a verdade e a sobrevivência se fortalece.

A necessidade. A esperança. Minha própria vó contando-me historias, porque não havia mais nada alem disso. Olho para essa criança fraca, de estômago sempre vazio, mesmo em seus sonhos.

Esperançosa. A espera. Puxo seus braços finos e coloco seu corpo leve como uma pluma em meu colo.

Era uma vez, minha criança, uma princesa

            Que não era maior que você. Ela

            Tinha o mundo ao alcance de seus dedos.

            Ela ordenava, e a luz obedecia. O sol,

            A lua e as estrelas ajoelhavam-se e erguiam-se

            Ao seu toque. Era uma vez…

Foi-se. Agora há apenas esta criança de olhos dourados em meus braços. É o que importa. Assim como no fim da jornada. A promessa. A esperança.

Venha, minha criança. Está na hora de partir.

Antes que venham os abutres. As coisas que duram.

As coisas que permanecem. As coisas que não me atrevo a dizer a ela.

Contarei mais a você enquanto caminhamos.

            Sobre outrora.

            Era uma vez…

 

Sempre ao vento

Eu os ouço vindo.

Me conte de novo, Ama, sobre a tempestade.

            Não há tempo para contar uma história, criança.

                        Por favor, Ama.

Os olhos dela estão fundos.

Não há ceia essa noite.

Uma história é tudo que eu tenho para alimentá-la.

Era uma tempestade, isso é tudo que me lembro.

Uma tempestade que não tinha fim.

Uma grande tempestade, ela se prontifica a dizer.

Solto um suspiro. Sim, e a puxo para meu colo.

Era uma vez criança

            Há muito, muito tempo

            Sete estrelas que pendiam no céu.

            Uma para chacoalhar as montanhas,

            Uma para revirar os oceanos,

            Uma para afogar o ar,

            E quatro para testar os corações dos homens.

            Mil facas de luz

            Cresceram até formarem uma nuvem rolante e explosiva,

            Como um monstro faminto.

            Apenas uma princesinha achava graça,

            Uma princesa como você.

Uma tempestade que tornou os modos de antigamente sem sentido.

Uma faca afiada, uma mira cuidadosa, uma

Vontade de ferro e um coração que ouve,

Essas eram as únicas coisas que importavam.

E seguir em frente. Sempre seguir em frente.

Venha, criança, está na hora de ir embora.

            Os abutres, eu estou ouvindo o farfalhar deles nas montanhas.

 

Fale-me de novo, Ama. Sobre a calidez. Sobre antes.

            A calidez vem, criança, de um lugar que desconheço.

            Meu pai deu a ordem, e ela estava lá.

                        Seu pai era um deus?

Seria ele um deus? Parecia que sim.

Ele parecia um homem.

Mas era irracionalmente forte.

Tinha conhecimentos além do que era possível,

Era totalmente destemido,

Poderoso como um…

Deixe- contar uma história a você,

            Criança, a história do meu pai.

            Era uma vez um homem tão grandioso quanto os deuses…

Mas até mesmo os grandes podem tremer de medo.

Até mesmo os grandes podem cair.

                       

                        Para onde ela foi, Ama?

Ela se foi, minha criança.

Roubada como muitas outras.

            Mas para onde?

Ergo o queixo da criança, cujos olhos estão fundos com a fome.

Venha, vamos encontrar comida juntas.

Mas a criança fica mais velha, e suas perguntas

Não são tão facilmente dispensadas.

Ela sabia onde achar comida. Nós precisamos dela.

E foi por isso que ela se foi. Foi por isso que eles a roubaram.

Você também tem o dom dentro de você,

            Minha criança. Ouça. Observe.

            Nós encontraremos comida, um pouco

            De grama, um pouco de grãos.

                        Ela vai voltar?

Ela está além da muralha. Está morta para nós agora.

Não, ela não vai voltar.

Minha irmã Venda é um deles agora.

Eu a chamo, chorando, rezando para que ela me ouça,

Não tenha medo, criança,

            As histórias estão sempre ali.

            Verdades cavalgam ao vento,

            Ouça, e ela a encontrará.

            Eu encontrarei você.

 

Que todos saibam:

Eles a roubaram,

A minha pequena.

Ela tentou me alcançara, gritando,

Ama.

Ela é uma jovem mulher agora,

E esta velha não os conseguiu parar,

Que os deuses e as gerações saibam,

Que eles roubaram da Remanescente.

Heris, o ladrão, ele roubou minha Morrighan,

E depois a vendeu por um saco de grãos,

Para Andrid, o abutre.

As lágrimas dela cavalgam com o vento.

A mim ela chama,

E tudo que posso fazer é sussurrar:

Você é forte,

Mais forte que a sua dor,

Mais forte que o seu pesar,

Mais forte do que eles.

Ela pede por outra história,

Uma história para passar o tempo e para nutri-la.

Busco a verdade, os detalhes de um mundo que

Ficou tão distante no passado,

Que nao sei ao certo se algum dia existiu.

Era uma vez, há muito tempo,

Era uma era antes dos monstros

            E demônios vagarem pela terra,

Em uma época em que as crianças

            Corriam livres nas campinas,

            E frutos pesados pendiam de árvores,

            Havia cidades, grandes e belas, com torres

Reluzentes que tocavam o céu.

Será que elas eram feitas de magia?

Eu mesma nao passava de uma criança. Eu achava que elas

Podiam conter um mundo inteiro. Para mim, eram feitas de…

Sim, eram feitas de magia, e de

            Luz, e dos sonhos dos deuses.

            E havia uma princesa?

Sorrio.

Sim, minha criança, uma princesa preciosa tal

            Como você. A princesa tinha um jardim cheio de

            Arvores das quais pendiam frutos tão grandes

            Quanto o punho fechado de um homem.

A criança olha para mim, com ares de duvida.

Ela nunca havia visto uma maca, mas vira

Os punhos fechados dos homens.

Existem realmente tais jardins, Ama?

Nao mais.

Sim, minha criança, em algum lugar.

            E um dia você os haverá de encontrar.

 

Eu tinha avisado Venda para que nao fosse vagando

Para longe demais da tribo.

Mil vezes, eu a tinha avisado.

Era mais sua mãe do que sua Irmã.

Ela chegou anos depois da tempestade.

Nunca sentiu o chão estremecer,

Nunca viu o sol tornar-se vermelho.

Nunca viu o céu ficar preto.

Nunca viu o fogo estourar no horizonte e sufocar o ar.

Ela nunca nem mesmo viu nossa mãe. Isso

Era tudo que ela sempre soubera.

Os abutres estavam a espera dela, e vi Harik

Roubá-la e levá-la embora em seu cavalo.

Ela nunca olhou para trás, nem mesmo

Quando a chamei depois que ela partirá.

Nao acredite nas mentiras dele, gritei,

Mas era tarde demais. Ela se fora.

Aqui, digo, pressionando meu punho cerrado nas costelas dela.

E aqui, com a mão em seu esterno.

Dou a ela a mesma instrução que me fora dada pela minha mãe.

É a linguagem do saber, criança,

            Linguagem essa tão antiga quanto o próprio universo.

            É o ver sem olhos,

            E o ouvir sem ouvidos.

Foi assim que a minha mãe sobreviveu naqueles primeiros anos.

Como sobrevivemos agora.

Confie na força que existe dentro de você.

            E, um dia, você deverá ensinar a sua filha a fazer o mesmo.

 

Eu a encobria.

            Fique imóvel, criança.

            Deixe que eles tomem isso.

Ela treme ao meu lado,

Feroz com a fúria.

Nós observamos enquanto os abutres tomam

Os cestos de alimentos que reunimos.

Não há qualquer compaixão. Nenhuma misericórdia.

Nesta noite, passaremos fome.

Vejo Harik, o líder, entre eles.

Ele olha para Morrighan, e eu a empurro para trás de mim.

Ele nada mais toma.

Continue Reading

The Heart of Betrayal (Crônicas de Amor e Ódio #2) – Mary E. Pearson

Sinopse do skoob

Em The Heart of Betrayal — Crônicas de Amor e Ódio v.2, Lia e Rafe estão presos no reino barbárico de Venda e têm poucas chances de escapar. Desesperado para salvar a vida da princesa, Kaden revelou ao Vendan Komizar que Lia tem um dom poderoso, fazendo crescer o interesse do Komizar por ela.

Enquanto isso, as linhas de amor e ódio vão se definindo. Todos mentiram. Rafe, Kaden e Lia esconderam segredos, mas a bondade ainda habita o coração até dos personagens mais sombrios. E os Vendans, que Lia sempre pensou serem selvagens, desconstroem os preconceitos da princesa, que agora cria uma aliança inesperada com eles. Lutando com sua alta educação, seu dom e sua percepção sobre si mesma, Lia precisa fazer escolhas poderosas que vão afetar profundamente sua família… e seu próprio destino.

 

O que eu achei

A franquia é sensacional! Muito, muito, muito boa! Contanto os dias para o próximo livro!

Em heart of betrayal nós conseguimos entender um pouco mais do que aconteceu com o planeta para chegarmos no tempo em que o livro se passa, e isso é surpreendente! Nesse livro recebemos mais informações sobre os reinos, como eles se formaram e como passaram a ser “inimigos”. A história foca ainda mais no dom que a Lia tem e no relacionamento dela com o Rafe e Kaden, além de nos apresentar novos personagens como o Komizar, seus governadores, rathans e toda a sua corte.

Se você ainda não leu o primeiro livro, corre e vai ler! E já compre o combo, pq vc não vai querer esperar para começar a ler o segundo…

SPOILER ALERT

Continue Lendo…

Continue Reading

Livros em série que você PRECISA ler

Sabe aqueles livros que nos deixam querendo mais? Aqueles que você fica ansioso, contando os dias para o próximo lançamento?

Esse post é dedicado às nossa amadas, idolatradas e muitas vezes irritantes ~quem nunca ficou com raiva por precisar esperar meses ou até anos para o próximo lançamento~ trilogias, quadrilogias, nonologias (não sei se essas palavras existem, mas se mais de 3 livros não podem ser chamadas de trilogia, certo?)…

Eu sei que muita gente, assim como eu, adora livros que têm sequências. Então coloquei aqui aquelas que eu acho que todos deveriam ler, ou seja, minhas favoritas!

 

Peças infernais

  1. Anjo mecânico
  2. Príncipe mecânico
  3. Princesa mecânica

O universo criado pela Cassandra Clare é sensacional! Apesar de não ter lido a série “os instrumentos mortais” e não ter como opinar sobre os livros, a trilogia conjunta “Peças Infernais” é muito boa! Todos os livros da Clare se passam no mesmo universo, mas em épocas diferentes. Dessa forma nós podemos acompanhar os caçadores das sombras em várias épocas e lugares diferentes.

 

Corte de espinhos e rosas

  1. Corte de espinhos e rosas
  2. Corte de nevoa e fúria
  3. A Court of Wings and Ruin (em revisão para ser lançado)

Esses livros da Sarah J. Mas são minhas mais recentes paixões! É tudo lindo, maravilhoso e muito bem escrito. Tirando o fato da arte dele ser uma coisa totalmente a parte… Quero comprar (eu li no kindle) os livros para ficar exibindo na minha estante! Tiro o chapéu para todos os escritores que conseguem criar universos completamente novos e cheios de criaturas, lendas e detalhes!

 

Robert Calbraith / J.K. Rowling

  1. O chamado do cuco
  2. O bicho da seda
  3. Vocação para o mal

É a J.K. Rowling escrevendo romance policial! É sensacional! O meu preferido é o último, mas todos eles têm o seu valor. Essa série não precisa ser lida em sequência. Assim como os livros do Dan Brown eles fazem sentido independente da ordem de leitura, mas, ficam melhores se lidos na ordem de lançamento. Se você gosta de intrigas e mistérios policiais vai adorar essa série!

 

Os Artifícios das Trevas

  1. Dama da Meia-noite
  2. Lord of Shadows (não lançado no brasil)
  3. Queen of Air and Darkness (sendo escrito)

Mais uma série da Cassandra Clare sobre os caçadores das sombras. Essa é a serie mais recente na linha temporal da autora e se passa na Califórnia. Fiquei muito triste quando terminei de ler “Dama da Meia-noite” e descobri que ainda não tinha a sequência e estou muitíssimo ansiosa para ler o segundo livro que estreia esse ano!

 

Outlander

  1. A viajante do tempo
  2. A libélula no âmbar
  3. Resgate no Mar
  4. Os tambres de Outono
  5. A cruz de Fogo
  6. Um sopro de neve e Cinzas
  7. Ecos do Futuro
  8. Weitten in My Own Heart’s Blood (não lançado no Brasil)
  9. Go Tell the Bees That I Am Gone (sendo escrito)

Li os dois primeiros livros e comecei a assistir a série (que até onde eu vi é bem fiel ao livro). Como eu adoro viagens no tempo adorei a história!  Heroína é independente, espirituosa e apaixonante. Quero visitar a Escócia só para poder ver as paisagens descritas nos livros!

 

A Crônica do Matador do Rei

  1. Nome do vento
  2. O temor do sábio
  3. The Doors of Stone (sendo escrito)

Extra:

  1. A música do Silencio

O Patrick Rothfuss é outro escritor SENSACIONAL! Pense em um livro bom, MUITO bom mesmo! O primeiro livro tem mais de seiscentas páginas e o segundo quase chega a mil! Esse é aquele livro que chega ao ápice varias vezes e você acha que ele vai começar a ficar ruim, mas não fica… Fica muito melhor! Meu livro favorito depois de HP!

 

Deuses do Egito

  1. O despertar do príncipe
  2. O coração da esfinge
  3. Reunitted (não lançado no Brasil)

Essa trilogia é super fofinha! As vezes da vontade de bater na protagonista, mas mesmo assim não da vontade de parar de ler o livro.  Mistura viagens, mitologia egípcia e romance. Dá para perder um final de semana lendo esses livros tranquilamente.

 

Rainha das sombras

  1. Trono de vidro
  2. Coroa da meia- noite
  3. Herdeira do fogo
  4. Rainha das sombras
  5. Império de Tempestades (dois volumes a serem lançados no Brasil)

Essa serie se passa no mesmo universo de “Corte de Rosas e Espinhos”, mas em um futuro distante ~pelo que eu entendi~, onde os féricos são mais raros e os humanos tem poderes que algumas vezes são assustadores.  É o tipo de livro que te faz querer ler um depois do outro… A Calaena é uma inspiração! Adoro ela!

 

Perdida

  1. Perdida
  2. Encontrada
  3. Destinado
  4. Prometida

A Carina Risse é minha autora brasileira ídolo e “Perdida” está entre os meus livros favoritos! “Perdida” e “Encontrada” são sequencias e são ótimos! Já “Destinado” conta a versão do Sr. Clarke na continuidade da trama. “Prometida” é a narrada pela irmã mais nova da família Clarke e o romance tem foco no seu relacionamento. Vou ser bem sincera e falar que ainda não li os dois últimos livros da saga com medo de me desapontar com a série, que tem um espaço especial no meu coração. Prometo que vou criar coragem e ler a sequência.

 

Harry Pottter

  1. Pedra filosofal
  2. Câmara secreta
  3. O prisioneiro de Azkaban
  4. O cálice de fogo
  5. A ordem da fênix
  6. O enigma do príncipe
  7. As relíquias da morte
  8. A criança amaldiçoada

Extras:

  1. Animais fantásticos e onde habitam
  2. Quadribol através dos séculos

Precisa falar qualquer coisa? Se você ainda não leu a saga de Harry Potter para tudo o que você está fazendo e vá ler! É o tipo de livro que faz as crianças se apaixonarem pela leitura e conseguiu mudar toda uma geração que ainda está esperando sua carta de Hogwarts. Eu tenho duas coleções e me apaixono toda vez que pego os livros.

Se você tem uma série de livros favorita e acha que todas as pessoas no mundo precisam conhecê-la, deixa um comentário e compartilhe conosco a sua paixão!

 

Continue Reading

Terceiro livro da série Rainha Vermelha será lançado em março

Hoje a editora Seguinte anunciou que o terceiro, e penúltimo, livro da série Rainha vermelha, A Prisão do Rei, será lançado no dia 06 de março.  Para quem não aguenta esperar, a editora já disponibilizou a pré-venda com um brinde exclusivo para quem adiantar a compra.

Sabe o que é melhor? A editora disponibilizou os 2 primeiros capítulos do livro para aqueles que como eu não estão se aguentando de ansiedade!

Quer ler? Clica aqui!

 

Sinopse do Skoob

Mare Barrow foi capturada e passa os dias presa no palácio, impotente sem seu poder, atormentada por seus erros. Ela está à mercê do garoto por quem um dia se apaixonou, um jovem dissimulado que a enganou e traiu. Agora rei, Maven continua com os planos de sua mãe, fazendo de tudo para manter o controle de Norta — e de sua prisioneira.

Enquanto Mare tenta aguentar o peso sufocante das Pedras Silenciosas, o resto da Guarda Escarlate se organiza, treinando e expandindo. Com a rebelião cada vez mais forte, eles param de agir sob as sombras e se preparam para a guerra. Entre eles está Cal, um prateado em meio aos vermelhos. Incapaz de decidir a que lado dedicar sua lealdade, o príncipe exilado só tem uma certeza: ele não vai descansar enquanto não trouxer Mare de volta.

Continue Reading

Fogo Contra Fogo – Jenny Han e Siobhan Vivian

Sinopse do skoob

A festa de Ano-novo terminou com uma tragédia irreparável, e Mary, Kat e Lillia podem não estar preparadas para o que está por vir. Após a morte de Rennie, Kat e Lillia tentam entender os acontecimentos fatais daquela noite. Ambas se culpam pela tragédia. Se Lillia não tivesse se apaixonado por Reevie. Se Kat não tivesse deixado Rennie ter partido sozinha. Se a vingança não tivesse ido longe demais, talvez as coisas seriam como antes. Agora, elas nunca mais serão as mesmas. Apenas Mary sabe a verdade sobre aquela noite. Sobre o que ela realmente é. Também descobriu a verdade sobre Lillia e Reeve terem se apaixonado, sobre Reeve ser feliz quando tudo o que ele merece é o sofrimento, assim como ela ainda sofre. Para Mary, as tentativas infantis de vingança ficaram no passado, ela está fora de controle e pretende sujar suas mãos de sangue, afinal, não tem mais nada a perder.

O que eu achei

MUITOS SPOILERS! Se você não leu os dois primeiros livros da série pule esse post!

Vamos começar… Eu esperava um pouco mais do desfecho da série. E por falar em esperar, coloca tempo nisso! Demorou mais de 3 anos para sair esse último livro, eu tinha até desistido e achado e não iria mais ser lançado!

Voltando ao livro… Para falar a verdade eu fiquei desapontada, esperava mais do desfecho dessa história. Achei que eles iriam realmente levar a vingança a outro nível! Mas todo mundo fica com peso na consciência quando a Rennie morre e vira bonzinho… Ah, me poupe, né!

A Mary é a única que ainda leva o plano original em frente. Ela quer vingança e, no último livro da série, faz de tudo para que Reevie sofra o mesmo que ela sofreu nas mãos dele. Sendo um fantasma e estando presa na ilha Jaar pode ter certeza que a menina tem muito tempo sobrando para fazer planos bem maquiavélicos. Ela se matou por conta do Bulling que sofria e só quer que ele pague por tudo. Ela precisa que ele morra para que a sua vingança seja completa e ela possa ficar livre.

Lilla e a Kat são ótimas, e como já esperamos do gênero chick lit elas são amigas acima de tudo. Acho isso bem legal, quando os escritores não focam no romance e sim em outras coisas importantes na vida das personagens, mas em algumas partes realmente são irritantes.

SPOILER ALERT

Continue lendo…

Continue Reading

O Maior Vídeo de Spoilers do Mundo [CUIDADO!]

Se você pudesse contar só um spoiler por toda a eternidade qual seria? Livros, séries, filmes… Tudo liberado!

Foi isso que a Netflix fez Durante a ComicCon Experience 2016. Lá eles colocaram uma “Cápsula do Spoiles”, onde cada pessoa podia contar a bomba que quisesse.

O resultado é um vídeo de mais de 4h que promete estragar qualquer história.

Tem coragem?

 

Continue Reading

Pequenas Grandes Mentiras – Liane Moriarty

Sinopse do skoob

Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre.
Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou?
Pequenas grandes mentiras conta a história de três mulheres, cada uma delas diante de uma encruzilhada.
Madeline é forte e decidida. No segundo casamento, está muito chateada porque a filha do primeiro relacionamento quer morar com o pai e a jovem madrasta. Não bastasse isso, Skye, a filha do ex-marido com a nova mulher, está matriculada no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline.
Celeste, mãe dos gêmeos Max e Josh, é uma mulher invejável. É magra, rica e bonita, e seu casamento com Perry parece perfeito demais para ser verdade.
Celeste e Madeleine ficam amigas de Jane, a jovem mãe solteira que se mudou para a cidade com o filho, Ziggy, fruto de uma noite malsucedida.
Quando Ziggy é acusado de bullying, as opiniões dos pais se dividem. As tensões nos pequenos grupos de mães vão aumentando até o fatídico dia em que alguém cai da varanda da escola e morre. Pais e professores têm impressões frequentemente contraditórias e a verdade fica difícil de ser alcançada.
Ao colocar em cena ex-maridos e segundas esposas, mãe e filhas, violência e escândalos familiares, Liane Moriarty escreveu um livro viciante, inteligente e bem-humorado, com observações perspicazes sobre a natureza humana.

O que eu achei

 O livro é viciante! Foi um dos melhores que eu li nos últimos tempos…

É a história de três mães que ficam amigas quando seus filhos começam a estudar no mesmo jardim de infância. Para começar você acha que não tem como elas serem amigas, pois são completamente diferentes umas das outras eu achava que elas iam brigar feio no meio do livro e dai que viria a história. Mas elas ficam amigas e você não percebe como elas estão ligadas até quase o final do livro. É genial!

Logo no começo sabemos que aconteceu alguma coisa, mas como eu não tinha lido a sinopse não li mesmo eu não sabia que um dos pais tinha morrido. Só fiquei sabendo quando fui indicar o livro e copiei a sinopse. Ai você perde a razão, né?! Eu queria muito saber quem tinha morrido e porque. O livro é dividido por capítulos narrados pelas personagens principais onde elas contam suas histórias de antes do “grande dia” em que alguém morreu, mas entre esses capítulos têm depoimentos de outros pais sobre o que eles acham que aconteceu no dia do “acidente”. Como nenhuma das personagens principais aparecem nesses relatos ficamos o tempo todo imaginando o que vai acontecer com elas e quem vai morrer.

Sério, qualquer uma delas pode ser a vítima! E as informações são tão vagas que nunca sabemos quem é! Não consegui largar o livro até saber tudo o que aconteceu…

Além de ser super gostoso de ler o livro é bem polêmico e trata de temas que nem sempre são abordados da maneira correta: Violência doméstica, casamento infantil, brigas entre pais e principalmente bullying. No final percebemos como todos os temas foram conectados lindamente pela autora. Tudo faz sentido de um jeito que eu não teria conseguido imaginar antes.

Dessa vez não vou dar nenhum spoiler, vocês terão que ler o livro!

Vale a pena, vai por mim!

Aproveita e adiciona na sua estante do Skoob

Continue Reading